Lua que inspira

 

Lua que brilha, num ceu de infinitos, inspirando poetas, acolhendo os apaixonados, protegendo os boemios, observando os desesperados.

Lua com fases, que se esconde por hora entre as nuvens, sem perder o brilho da majestosa noite.

Nao ha quem nao brilhe os olhos ao te olhar, e preciso erguer a cabeca aos ceus pra te admirar, e no teu reflexo vem o brilho da madrugada.

Quem te ver nascer, sabe que so vc e dona da noite, quando se vai, leva contigo a alegria e nos mostra a realidade novamente.

Traz a magia da noite, nos mostra as tuas estrelas que nao apagam teu brilho, age sobre a influencia da terra, nos traz poesia.

Lua, quem nao ama, nao te conhece.

Aparece na noite, que dela nos traz o descanso, da alma que repousa no brilho de sua existencia.

O que seria do universo sem ti, que aticou a curiosidade humana para o infinito, que nos mostrou galaxias e nos fez sentir pequenos diante de um numero incalculavel.

Lua que traz a essencia, luz que acompanha os solitarios, lua que ilumina os coracoes, lua que inspira cancoes.

Lua, quem nao ama, nao te conhece.

Sempre que olhar para lua, lembre-se que alguen tambem olha pra ela e pensa em ti.

 A lua reflete o que o coracao sente, atraves dos olhos de quem a admira.

 

Anúncios

~ por Ana Paula Garcia em junho 13, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: