atrás de alguns versos..

Não acontece sempre mas a noite, todo encanto se vai…dor maluca… ouvi dizer que a solidão é a pior liberdade… isso para quem já esteve livre, poetas não se livram das palavras e elas aprecem a todo momento;

pensei ter escutado alguém me chamar mas acho que foi o vento lá fora, não tenho saído muito, pode ser que esteja ventando, assim posso dizer algo que eu não vi mas posso acreditar;

fico aqui digitando erros e pensando nessa noite tão escura, teve épocas que isso era curioso; hoje me causa pavor, quem vai entender os rumos de uma vida,  o destino das escolhas;

hoje parei pra pensar, as companias que me intertem as vezes somem, não  é culpa delas, as vezes também canso da hipocrisia; sociedade viver entre humanos, sendo um deles, realmente algo agradável e necessário, mas preciso de suporte… sabe como é nem sempre tenho um texto pronto no bolso..

olho pela janela, olho pela porta, olho para o teto… realmente ja vi de tudo por aqui… nao julgo quem ache na solidão  resposta, mas acho que preciso olhar para onde dói mais… adoro passar por aqui e chorar sorrindo…

encontro em mim mesmo, os ltos e baixos de uma desigualdade de sentimentos, que só sei em dias assim… madrugadas assim nem tão quentes, nem tão frias, na verdade sem motivos aprente para uma reclamação…

Acho que vou ler aquele livro que deixei pela metade… acho que vou ouvir aquela música… acho que vou fechar a porta… vai que alguém me procure… eu não quero atender…

Relaxantemente sento aqui e penso em falar como você, aquelas bobeiras que eu adoro dar risada, na verdade, nem é isso que eu queria fazer.. mas nem posso fazer aquilo que eu quero… na verdade o que eu quero ta longe de alguém fazer… quanta antgonia… realmente… nem importa é só uma justificativa…alguém pode pergunta algo…gosto das respostas prontas.

Cansei de mentr pra mim mesmo, realmente a verdade não e nenhum mar de rosas, mas quem vai entender.. eu na verdade não sei… fantasiei, sonhei, acordei, sorri, chorei um pouco, senti tudo… sem fundamento.. não preciso disso… mas é algo que me engana e na verdade, adoro me enganar e mesmo estando cansada, faço isso… o tédio é como um jogo de xadrez…é preciso pensar muito bem para mantê-lo em andamento…

Ah já sei, não quer me ver, hoje!!! ah já sei já falei demais!!! ah já sei vc vaie esperar eu te esquecer para aprecer de novo.. engraçado, você se tornou previsível… não que eu saiba de tudo, mas de você não espero mais que isso..

Podia ser legal, podia rolar um papo, quem sabe meia dúzia de risadas de uma piada mal contada, quem sabe uma entriga ou uma polêmica sobre o noticiário local.. quem sabe poderia rolar um passeio na cidade, um sorvete no parque, os passarinhos nas árvores… sorrisos saudáveis.. você esperando eu te olhar…

quem sabe… poderia rolar uma amizade, uma frequência, um jogo de interesses, uma briga, um abraço, uma confissão, um olhar diferente, uma indiferença, um sorriso… quem sabe podia ter algo que nem imaginei…

mas o silêncio se fez e nada dissemos, nada fizemos, disso nada esperamos… afinal também preciso avaliar o que o nada vem me acrescentar nessa vida!!

Tá é simbologia… não esquece é maduigada de sábado.. alguém precisa sofrer…

Engraçado tudo isso… não que voltarei a rir disso, mas quem sabe role uma ironia entre nós, é sempre útil para algumas mentirinhas bobas…

Anúncios

~ por Ana Paula Garcia em novembro 16, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: