No dia de hoje

Hoje foi um dia daqueles totalmente voltado pras leis contrárias, para a definição do meu eu mesquinho, aquele que só quer sombra e água fresca. Nessas encarnações que eu venho vivendo eu sempre penso sobre a existência humana, eis ai a minha dúvid eterna, contudo venho preferido me abster de alguns comportamentos aos quais instintivamente me parecem muito bons mas aqui na Terra dizem que não é legal. quem é feliz nesse mundo sem ter ao menos enlouquecido uma vez ou quebrado alguma regra, se moldar ao seu próprio eu exige uma artimanha extremamente arrojada. Andei passando por umas lavagens cerebrais também, mas minha personalidade é tão enraizada aos moldes primatas que nem as mesmas me fizeram convencer de que eu realmente seria isso.

Acordo de manhã já perdida querendo dormir mais um pouco, já sou indisciplinada por natureza, enfim lavo, passo e pago umas contas, voto e pago meus impostos em dia, tenho todos os documentos na minha carteira, e um master card pra gastar por ai e me diz porque ainda não me sinto digna do paraíso terrestre. Não faço maracutaia, nem jogo no bicho, parei de usar drogas e até mesmo me convenci que sou importante para o Plano divino e porque isso ainda não me fez digna do paraíso terrestre, me pergunto as vezes… mas to sem ponto de interrogação no teclado então pode parecer estranho para vocês.

Existe a divisão do mundo astral, e aqui como se divide tudo, eu não sei. Só sei que eu to naquele nível, da procura, de ver tudo acontecendo e se sentir extremamente longe de condições mentais de viver na realidade, as minhas emoções afloram com facilidade, nem montanha russa eu aguento.

Não posso deixar de falar de você nesse texto, falo de você pra todo mundo que deita na minha cama, você é onipresente na minha vida e acho na verdade que você é a única pessoa que quase me entendeu até hoje, até mais que eu mesmo. nem me pergunte porque eu te dei com a porta na cara, porque eu tava louca demais pra ter uma definição racional que se encaixe dentre as definições e teorias já hoje reveladas. enfim me pareceu arriscado tudo aquilo, me aprece pequeno, me pareceu fútil, me apreceu que o culpado era você, mas ninguém encaixa no seu lugar.

Tá pode rir a vontade e me praguejar e desejar que eu morra frígida, mas enfim to sendo sincera e preciso aproveitar esse momentos, eu queria um pouco mais de estabilidade, enfim.. achei que era possível e dei com os burros n’água, uma expressão bem fuleira aí pra vcs.

Acreditei meu, na minha idéia, nas coisas que vi, em algumas poesias e num livro de paulo coelho. quem nunca se perdeu em seu próprio mistiscismo, todos tem um pouco de anais nin em suas vidas, algumas com pouco ou menos talento, só peço que não falem disso no wikipédia quando forem me descrever. me descrevam como esses vídeos ou PPTs que rolam por ai em emails, como um spam pragmático, alguém volúvel mas simpático, extremamente sensível e oportunista afinal é o que leva uma espécie a aprimoração da sobrevivência de seus descendentes, alguém que rolo de ri, sozinha ao lembrar de si mesmo em momentos sociais aos quais ela não se adequo, alguém que não se encaixou em lugar nenhum nem em partidos anarquistas; alguém que largou o movimento punk por lhe parecer clichê demais; alguém que tatuou algo desconhecido e não refez a tatuagem como todos sugeriram porque ia doer demais e naquela hora era a hora da insigna; alguém que amou loucamente e tão louca que fez de um tudo,  e foi parar em um reduto de loucos tão loucos que suas loucuras lhe pareciam comumente infeliz e lá vai ela de novo embora, pra que lugar ninguém sabe; é alguém que sabe a hora de voltar pra casa e lavar louça; alguém que toma café requentado pro economiza cafeína pro planeta; alguém que sempre esquecia o nome do filme que ela adorou; que nunca decorou placa de carro; que tentou ser convencional mas não conseguiu agradar ninguém; aquela que gravou uma discografia completa do ac/dc e saiu na estrada sem rumo, o importante era somente chegar.

Anúncios

~ por Ana Paula Garcia em junho 4, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: