Informação

Até que ponto a informação é importante? Andei pensando sobre isso; pois nem sempre, saber ou entender algo alivia algum sentimento. Essa relação entre sentimento e razão, para mim, é um mistério! A atitude diante de algum conhecimento é o que realmente tem valor, nenhum conhecimento sem prática é  verdadeiro . A teoria experimentada por outro, não satisfaz o espírito e torna tudo abstrato. Com isso, mesmo diante da verdade, parece não ser real, pois nunca se vivenciou aquilo.

 O amor é uma das experiências e sentimentos mais fascinantes na minha opnião; esse sentimento almejado por toda humanidade ainda permanece no desconhecido. Acredito que isso se deve às inúmeras teorias e definições sobre o  amor. Saber amar é algo que se deve praticar com verdade, não adianta almejar um certo sentimento, primeiro de tudo precisamos reconhecer o amor que existe dentro de nós. Mesmo que esse amor não seja tão profundo como o de um profeta famoso ou tão especializado como se descreve em livros de auto ajuda, aquele amor deficiente dentro de mim, esse é o que eu preciso reconhecer para trabalhar, aprimorar, será a minha pedra a ser lapidada.

 Quando procuro dentro de mim, esse amor que vejo nos livros, que ouço os grandes mentores espirituais falarem, eu me sinto insuficiente e incapaz; embora eu reconheça que tendo uma porção divina no meu ser, nele existe uma forma de amor, que só pode ser reconhecida por mim mesmo e que pode ser aprimorada através do convívio humano, conjuntamente com conhecimento de práticas de aprimoramento desse sentimento.

O amor é como tudo nesse planeta, depende primeiramente do livre arbitro, de se permitir amar. Acredito que passei muito tempo procurando nos outros o que faltava dentro de mim mesmo, até que um dia percebi que não depende do que os outros dizem; a minha descoberta pessoal verdadeira só depende de mim mesmo. O amor de todas as suas formas praticáveis e aplicáveis, tem que ser trabalhado e reafirmado a cada dia. Nesse momento estou buscando viver uma história de amor comigo mesmo, não do jeito que as pessoas esperam que eu viva mas da forma que eu consiga reconhecer verdade dentro de mim, aquela verdade que nesse momento me traz a certeza, sabendo que tudo está em transformação e novas verdades virão. Nada é para sempre!

Anúncios

~ por Ana Paula Garcia em novembro 23, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: