enfim só

Um pequeno vazio,  atordoado de velhos sentimentos mau compreendidos, talvez isso não seja de todo mau. Pela manhã tenho olhado o céu azul, tomado do inovado alvorecer, confirma que se renasce a cada dia. Ainda não sei todas as respostas, principalmente de onde vêm tantas perguntas. Percebo que o mundo existem várias perspectivas a teoria, a prática e a ilusão. Sou uma dessas pessoas que vêm procurando se aperfeiçoar, acreditando que conhecendo a teoria, e praticando, coseguirei a grande ilusão da velocidade constante.

Mas fisicamente nada é constante no plano físico, o equilíbrio é só uma ilusão de ótica, não existe um conforto para os desencantos da vida, eles simplesmente vão acontecer sempre. Eu já vivi um pouco e sei o que dá certo e o que não dá certo, pelo menos na minha maneira de viver.

Eu já acreditei nas palavras, mas isso não dá certo, porque as palavras são planejadas e poucos sabem usar as palavras pra dizer a verdade, as palavras são ilusão. As pessoas usam palavras para dizer o que querem, o que gostariam de ser, o que gostariam de fazer e muito pouco dizem sobre si mesmas.

Eu já acreditei que as pessoas mudariam com o tempo. É as vezes sim, as vezes não, depende muito! Tem coisas que não mudam, fazem parte da pessoa, sem aquilo a pessoa simplesmente não existe, por mais que seja detestável. As vezes, pode ser que pareça que tenha mudado, por algum momento houve a mudança, mas ficou algo lá dentro, bem no fundo, que por fim reaparece e percebe-se que não houve a mudança. E outras vezes, ocorre a mudança por milagre ou por repressão, e então a pessoa se transforma em algo que nem ela mesmo sabe, cobrando de todos a sua volta que reconheçam a mudança, e que mudem também pois essa pessoa acredita fielmente que é a melhor pessoa do mundo por ter mudado.

Eu já acreditei que viveria um grande amor, que teria uma vida perfeita com o amor da minha vida. Pode ser que dê certo, mas não deu pra mim.

Eu já tentei viver uma loucura e já tentei viver uma sanidade, só dá certo se os dosi tiverem juntos, viver totalmente são e totalmente louco, nada se aproveita, apesar do extremismo sempre me atrair muito.

Eu já achei que as pessoas tinham as respostas para meus problemas e poderiam me ajudar, mas as pessoas tem os problemas delas que nem elas sabem resolver e então percebi que tinha que resolver tudo sozinha.

Ei já achei que o problema tava no mundo, nas pessoas, no sistema, em mim, no meu carma; na verdade é conjunto de fatores e nem sempre eles vão ter soluções, tem problemas que já estavam aqui antes da gente nascer.

Eu também achei que existiria uma pessoa só para mim, na verdade não existe ninguém pra ninguém, exclusividade saiu de moda.

Eu já achei que ficar sozinha seria melhor. Mas ficar sozinha é muito difícil e fácil por algumas vezes, e não ei onde alguém se encaixaria nisso.

Eu já achei que estava perdida. Ninguém se perde de si mesmo, isso é o que dizem, não o que se sente.

E por fim achei que teria um destino. Já não sei mais onde possa existir um destino, porque não tenho tempo de vivê-lo, tenho que trabalhar muito.

E por fim achei que tinha amigos. Disso eu nunca duvidei, meus amigos sempre existiram e me ajudaram a acreditar que existem pessoas boas nesse mundo e que podem me fazer feliz.

Resumindo: acredite em você, fique com alguém mas saiba que também precisa ficar sozinha, viva a loucura e a sobriedade no momento certo, saiba que naquele momento que você está com alguém esse é só seu, e fique sempre que puder com seus amigos. As pessoas não mudam o que muda é a forma, e o que queremos ver nelas e por fim o mundo tem problemas mas já que estamos aqui o negócio e deitar e rolar!!!!

E não acaba por aqui…

Anúncios

~ por Ana Paula Garcia em maio 19, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: